Teologia – Várzea Grande

unifacc_03

O Curso de Teologia oferece uma sintonia dinâmica entre as tradições educacionais da Igreja e as necessidades humano-religiosas-sociais e culturais da sociedade. Cria-se, assim, um novo espaço acadêmico de rigor científico associado a um clima de diálogo inter, trans e multidisciplinar. Fazer Teologia representa fortalecer o encontro com Cristo que transforma a vida dos seguidores.

Com isso, as linhas mestras do Curso de Teologia são: considerar os conteúdos teológicos de forma íntegra e orgânica, relacionando teoria e prática, com ênfase na abordagem pastoral, promovendo a solidariedade, proporcionando formação acadêmica capaz de diálogo humano e científico. Toda formação acadêmica está voltada para a promoção da cultura, integração da pessoa nos contextos plurais da sociedade.

Essa orientação, alicerçada e desenvolvida a partir de um processo metodológico de participação e responsabilidade colegiada, pressupõe um olhar de fé sobre a realidade. Para tanto, faz-se necessário dialogar com as ciências sociais que versam sobre a mesma sem perder o específico da formação cristã à luz da Sagrada Escritura, da Tradição e do Magistério da Igreja.

A organização pedagógica do Curso de Teologia promove ambiente favorável para o desenvolvimento das habilidades e competências dos acadêmicos, atenta às dificuldades e lacunas, ouvindo todos os envolvidos no processo educativo, propõe atividades e mecanismos de superação integrando a vida acadêmica com a vida da comunidade. Assim, o curso visa, sobretudo, formar pastores e leigos comprometidos com o povo, que saibam utilizar seus conhecimentos como força criadora de um espaço de relações interpessoais em busca do Reino de Deus mostrado presente na pessoa de Jesus Cristo.

Objetivo

O egresso do Curso de Teologia, além de uma sólida formação geral, deverá possuir domínio prático em termos de competências e habilidades para lidar com as demandas científicas, teológicas e sociopastorais.

O teólogo poderá trabalhar em Instituições eclesiais e outras, como capelão, orientador espiritual, coordenador de pastoral, colunista de assuntos teológicos, membro de conselho de Bioética, assessor pastoral e palestrante motivacional.