Doutor da Universidade de Lisboa fará palestra em Várzea Grande sobre Educação Pós-pandemia

Publicado em: 25, julho/2022

A União das Faculdades Católicas de Mato Grosso (UNIFACC-MT) promove na segunda-feira, 25 de julho, um ciclo de conferência com o professor-doutor António Manuel Seixas Sampaio da Nóvoa, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, Portugal.  O pesquisador europeu, reitor honorário da instituição de ensino portuguesa, vai falar sobre a “A formação de professores de Educação Básica e a escola pós-pandemia” e “Currículo e formação de professores pós-pandemia”.

António Nóvoa é considerado um dos pesquisadores de grande repercussão internacional em debates pedagógicos. Ele diz que o docente tem como missão auxiliar o estudante a transformar informação em conhecimento. O pesquisador acredita, especialmente com base no atual contexto, que as novas tecnologias tornam as pessoas com conhecimento apurado em personagens da terceira grande revolução da humanidade. 

No entanto, o doutor português diz que é preciso usar o potencial das pessoas, mas desde que não substitua a necessidade e presença de um bom professor, professora. António Nóvoa ensina que é preciso desenvolver nos alunos, nos estudantes, a capacidade de estudar, de procurar, de pesquisar, de selecionar, de buscar informações, de comunicar. E dentro de todos esses caminhos, na visão dele, o professor, a professora, é insubstituível.

Autor de mais de 150 publicações editadas em 12 países, entre as quais livros, capítulos e artigos científicos, António Nóvoa, que já concorreu à Presidência de Portugal, em 2016, se notabilizou na produção de estudos sobre história e psicologia da educação e formação de professores. Sobre o ensino escolar no período pandêmico da Covid-19 o doutor é enfático ao dizer, em publicação para uma revista da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), “que não há nada novo, mas tudo mudou”, porque os obstáculos enfrentados durante a pandemia, provocada pelo novo coronavírus, que atingiu todos os continentes, não são atuais e existem há muito tempo. 

António Nóvoa costuma acentuar que a pandemia da Covid-19, que afastou as pessoas do contato físico, social, obrigou a escola, os pensadores, os pesquisadores, a mudar a relação com os obstáculos. Assim, o professor-doutor, que é reitor honorário da Universidade de Lisboa, sublinha que a escola não deve voltar ao que era antes, mas corre o risco de ficar ainda pior se a ênfase na tecnologia e personalização substituir o sentir e o fazer comum.

O pesquisador vem a Mato Grosso a convite da Associação Dom Aquino Corrêa (ADAC), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – Regional Oeste II em Mato Grosso, mantenedora da Unifacc-MT. O ciclo de palestras, no Auditório da Unifacc Sedac, no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, é indicado, principalmente, para diretores, coordenadores, professores de unidades de ensino e também para acadêmicos de cursos de licenciatura, como o de Pedagogia.

Cronograma – A primeira conferência será, às 9h, com o tema “A formação de professores de Educação Básica e a escola pós-pandemia”. E à noite, às 19h, no mesmo auditório, o professor português discorrerá sobre “Currículo e formação de professores pós-pandemia”. 

O diretor-geral da Unifacc-MT, professor-mestre padre Edson Sestari, considera um privilégio receber o reitor honorário da Universidade de Lisboa. “Doutor Nóvoa é um estudioso atento às movimentações do pensar e executar o processo de ensino  nas mais variadas experiências e realidades educativas”, disse o dirigente da Católica de Mato Grosso. Após as conferências do dia 25, o ex-reitor da Universidade de Lisboa fará assessoria à Católica de Mato Grosso com contribuições no modelo de ensino-aprendizagem. 

O evento, com o apoio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), oferecerá certificado aos participantes. A inscrição, no valor de R$ 100,00 por palestra, deve ser feita até 22 de julho pelo link https://forms.gle/YeBoJPjnFQQVosBC7.

Currículo – Antônio Manuel Seixas Sampaio da Nóvoa é doutor em História, pela Universidade de Paris IV-Sorbonne, e doutor em Ciências da Educação, pela Universidade de Genebra, na Suíça. Foi reitor da Universidade de Lisboa, entre 2006 e 2013, e, atualmente, é professor do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa e reitor honorário da mesma instituição de ensino. 

Mais informações pelo e-mail [email protected],  ou pelo telefone (65) 3052 8120 (WhatsApp).

 

|